“Fizeste o mapa do firmamento que trago na pele. Desenhaste as constelações com a polpa dos teus dedos e traçaste um horóscopo na abóbada da nossa história.Com riscos suaves criaste signos desconhecidos com que preencheste um novo mapa do mundo. Nada foi igual depois desta cartografia dos amantes.”