O caracol do Trindade

Entre a bilheteira e a entrada das salas do cinema Trindade há um caracol. Uma curva que se enrola sobre sim mesma, em madeira daquela à moda antiga, que vai do chão ao tecto. Quem entra pensa que é um daqueles pormenores arquitectónicos que ninguém a não ser quem os desenhou sabem porque existem, masContinue a ler “O caracol do Trindade”

Despertar

Gosto de ouvir música quando escrevo. A música certa torna o trabalho mais fluido, mais instintivo e espontâneo. O que funciona melhor são as melodias que crescem e se acanham, deambulam pelo escritório como pautas dançantes, e me envolvem sem me arrastar para dentro de viagens afectivas ou danças inevitáveis. Comecei um projeto novo ontemContinue a ler “Despertar”

Método – Marriage Story

Ainda não falámos aqui de cinema, esse meu amor maior. Para uma arte que é a sétima, cabe-lhe dentro o mundo todo: o mundo que fazemos, o mundo que sonhámos fazer e o mundo que nunca nos lembrámos de fazer. Nas palavras de Fellini, não há fim, nem início, há apenas a infinita paixão daContinue a ler “Método – Marriage Story”